quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Bastonário

Uma lição de liberdade e cidadania, para meditar ...
Entrevista de hoje, na RTP 1, conduzida por Judite de Sousa, tendo o Dr. Marinho Pinto, actual Bastonário da Ordem dos Advogados como entrevistado.
Retive:
  • Há uma justiça, forte, para os fracos, e outra, fraca, para os fortes.
  • Em novo tinha ilusões e ideais; já não tenho ilusões, mas os ideais ainda os não perdi.
  • Por formação e cultura, não sou delator. O Estado tem meios e obrigação de investigar factos que são públicos, notórios e lesivos do interesse de todos.

Às vezes, é reconfortante ver televisão.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Palavras bonitas



FUNDO DO MAR


No fundo do mar há brancos pavores,
Onde as plantas são animais
e os animais são flores.

Mundo silencioso que não atinge
A agitação das ondas.
Abrem-se rindo conchas redondas,
Baloiça o cavalo-marinho.
Um polvo avança
No desalinho
Dos seus mil braços,
Uma flor dança,
Sem ruído vibram os espaços.

Sobre a areia o tempo poisa
Leve como um lenço.

Mas por mais bela que seja cada coisa
Tem um monstro em si suspenso.
Sophia de Mello Breyner Andresen
O Búzio de Cós e outros poemas
Editorial Caminho

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

A bronca do bronco

A observação, à distância, é sempre mais realista ...
Vale a pena espreitar e sentir como a imagem de quem manda na cidade saiu reforçada, na brilhante intervenção do último "Prós e Contras" da RTP 1.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Flic-Flac

Ontem:
  • Ota ... sempre;
  • Alcochete ... "jamais";
  • Estudos credibilissimos garantem ser a melhor solução.
  • O resto é apenas demagogia.

Hoje:

  • Alcochete ... sempre;
  • Estudos credibilissimos garantem ser a melhor solução;
  • Demissão ... "jamais".

Conclusão, à Scolari:

... E o burro sou eu ?!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Ironias

A comparação entre as épocas de 2006/2007 e 2007/2008 da Liga Bwin de futebol, no final da 1ª. volta, produz os seguintes resultados:

  • 2006/2007 - Porto: 40 pontos; Sporting: 33 pontos; Benfica: 32 pontos.
  • 2007/2008 - Porto: 38 pontos; Benfica: 29 pontos; Sporting: 26 pontos.

Os jornais concluem que o F.C. do Porto está, neste ano, imparável e muito melhor ...

Os reformados fazem filas nos Bancos, para constituirem depósitos a prazo com o aumento que irão receber. Afinal parece que os retroactivos já não vão ser pagos em 14 suaves prestações mensais ...

O Tratado de Lisboa não vai ser referendado. A promessa fora feita, mas referia-se ao outro ...

Armando Vara vai ter uma licença sem vencimento na CGD. Talvez obtenha um VENCIMENTO sem licença no BCP ...

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Luiz Pacheco

Morreu ... perdeu-se uma voz "envinagrada" que, durante décadas, "temperou" a vida literária do Portugal "fechadinho".
MEMORIAL DO RECOLHIMENTO
Aqui há meses, chateadíssimo de viver sozinho, resolvi recolher a um lar da terceira idade. ( )
... Não sei ao certo de onde veio esta moda, mas calculo. E veio para ficar.( )
... E tenho trabalhado. E tenho editado. E me considero privilegiado por isso. E surgiram-me apoios e palavras boas.( )
... E não me considero arrumado.( )
... E se padeci sustos e flatos e, às vezes, isto parece uma casa de orates, não perdi a vontade de rir de mim, principalmente, o que é óptimo sintoma. Deêm-me os parabéns. Tudo tem um fim, sei, sabemos todos. Aquela história que os elefantes conhecem a morte (e morrem) tem a sua beleza e sua nobreza. E quando me surge um neto pequenino ... e quando Raio de Luar vier ... fazem o favor de me invejar. Há razões que o coração conhece bem. E a razão aprova.
Raio de Luar
Oficina do Livro
2003

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Dia Mundial da Paz


LÁGRIMA DE PRETA
Encontrei uma preta
que estava a chorar,
pedi-lhe uma lágrima
para a analisar.

Recolhi a lágrima
com todo o cuidado
num tubo de ensaio
bem esterelizado.

Olhei-a de um lado,
do outro e de frente:
tinha um ar de gota
muito transparente.
Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,
as drogas usadas
em casos que tais.

Ensaiei a frio,
experimentei ao lume,
de todas as vezes
deu-me o que é costume:

nem sinais de negro,
nem vestígios de ódio.
Água (quase tudo)
e cloreto de sódio.
António Gedeão
Máquina de fogo - 1961