quarta-feira, 22 de junho de 2011

Quotidiano

Mudará?
Parece haver uma nova linguagem, mais clara, mais determinada, sem rodeios.
Outro ar, menos viciado, que elevou uma mulher  - Assunção Esteves - para o segundo lugar da hierarquia do Estado. 
Há uns anos não conseguimos eleger uma outra - Maria de Lourdes Pintassilgo - para o primeiro e foi uma oportunidade perdida.
Não são águas em que navegue mas o vento parece soprar do lado certo e à velocidade correcta. Espero não ter de "engolir" a opinião de hoje.
Sou um crédulo que (ainda) acredita no País.

domingo, 19 de junho de 2011

Quotidiano

Algumas frases soltas para despertar a curiosidade para uma excelente entrevista de Carlos Tê, publicada na revista Visão da passada 5ª. feira, que só hoje consegui ler.

"... A minha avó paterna, analfabeta, veio, aos quarenta e tal anos, de Resende para o Porto. Criou-me, teve um impacto muito forte em mim ..."
"... Depois, foi a literatura à porta. Sentia-me intimidado por entrar em livrarias. Era um mundo reservado a outras pessoas, achava que se entrasse me punham fora ..."
" ... Mas havia um lado B, mais ou menos obscuro. «O gajo é dos que lê livros», estás a ver? Dava-me um ar suspeito."
"Começamos a ficar cheios de pessoas que só sabem muito de uma coisa e são incapazes de relacionar assuntos".

A não perder!


sexta-feira, 17 de junho de 2011

Homem prevenido

Prevenindo situações de angústia resultantes da inactividade, nada melhor do que ir preparando a reforma estabelecendo um horário que garanta uma passagem gradual, calma e tranquila à inércia completa.


Angra do Heroísmo - Terceira - Açores