segunda-feira, 27 de julho de 2009

Placas e erros


Compreende-se que a pressa de inaugurar não tenha permitido uma revisão do texto da placa mas, caramba, mais de um ano decorrido, e a face do acrílico continua por requalificar e à espera que a fase da correcção chegue!
Espero que não estejamos numa fase de prospecção de novo acordo ortográfico e que a face do Algarve se mantenha bem limpa e melhor arrumada.
A fotografia é de má qualidade, por manifesta incompetência do fotógrafo e pela pouca ajuda que o telemóvel deu.
P.S. - O meu amigo Artur G., residente na capital algarvia, não tardará a dar uma saltada a Albufeira para confirmar e, quiçá, mover as suas influências para que o erro seja corrigido.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Adágios

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e fez chichi no mar.

Provérbio húngaro, mencionado por António Lobo Antunes no prefácio de uma recente edição (Dom Quixote) do livro "O Coração das Trevas", de Joseph Conrad.

domingo, 12 de julho de 2009

Figurantes e figurões

Em Junho de um qualquer ano não muito longínquo, a empresa pública paga os subsídios de férias a todos os seus funcionários.
O ilustre gestor, recentemente nomeado, estranhou não ver na sua conta o correspondente crédito e, preocupado com o bom funcionamento dos serviços, pediu à secretária que indagasse das razões de tal lapso. Não que o preocupasse a falta do seu, mas a possibilidade de haver empregados, com mais necessidade, a quem tivesse acontecido o mesmo.
Efectuado o contacto para a Direcção de Vencimentos, obteve-se a informação de que o senhor administrador não tinha direito a subsídio de férias nesse ano, por já o ter recebido na anterior empresa e a lei não permitir o recebimento de dois subsídios de férias no mesmo ano. Quando muito, haveria lugar a acertos, se o subsídio recebido fosse inferior ao que teria direito na nova empresa. Aguardava-se que a anterior comunicasse o valor exacto que havia pago.
- Quero falar com esse funcionário tão zeloso. Que venha cá imediatamente!
O subsídio foi pago por determinação expressa do senhor administrador ...
Pouco tempo depois, numa oportuna reestruturação de serviço, o funcionário foi transferido da Direcção de Vencimentos (onde trabalhava há mais de 30 anos), para o Departamento de Marketing, onde deveria continuar se, entretanto, não tivesse passado à reforma.
Nunca mais aborrecerá um figurão com essas minudências da lei.

domingo, 5 de julho de 2009

Palavras bonitas

PERENIDADE

Nada no mundo se repete.
Nenhuma hora é igual à que passou.
Cada fruto que vem cria e promete
Uma doçura que ninguém provou.

Mas a vida deseja
Em cada recomeço o mesmo fim.
E a borboleta, mal desperta, adeja
Pelas ruas floridas do jardim.

Homem novo que vens, olha a beleza!
Olha a graça que o teu instinto pede.
Tira da natureza
O luxo eterno que ela te concede.
Miguel Torga
Libertação
(Para o meu neto ler e interpretar, quando o conseguir. Fez hoje 3 anos.)